COISAS IMPORTANTES QUE ESQUECEMOS

COISAS IMPORTANTES QUE ESQUECEMOS

Gosto de iniciar meus diálogos usando a frase: ” passamos pela vida””
É claro, passamos pela vida e tudo a que hoje nos referimos, já aconteceu. Aconteceu num passado remoto ou num passado recente, mas sempre no passado e no passados foi de onde obtivemos.
Existe aqueles que passam pela vida sempre procurando melhorar e fazer sempre o melhor para seus semelhantes mas, existe também aqueles que seus semelhantes são considerados pedras no caminho, são considerados obstáculos, são considerados como ponte somente para alcançarmos o outro lado, considerados como alimentos para nossa fome de sucesso, considerados como a pá para uso na construção de nossa obra, considerados o cimento para nossos alicércers, considerados como a água que mata nossa sede, considerados como combustível para nossa força motora, considerados como o cobertor que nos aquece, considerados como a internete que serve para aprimorar nossos conhecimentos, considerados como o remo para impulsionar-nos, considerados como o lixeiro que leva nosso lixo, considerados como o anzol que nos ajuda a fisgar o peixe que pescamos, considerados como o advogado que nos defende, considerados como o motorista de ônibus que nos leva para onde queremos ir, considerados como a luz que nos ilumina, considerados como a escada que nos permite alcançar outros níveis, considerados como o banco que nos empresta dinheiro quando precisamos, considerados como o carrinho de supermercado que nos ajuda a carregar as compras, considerados como o livro que abrimos para ler, considerados como o correio que leva ou trás nossa correspondência, considerados como o mapa que nos ajuda a descobrir outros caminhos, considerados como o ombro que nos apoia para um consolo, considerados como o abraço que nos conforta, considerados como a mão que usamos para segurar, considerados com as pernas que nos permite caminhar, considerados como o anjo que nos proteje e finalmente considerados como a fonte de nossa existência.
Mas a qual dassas coisas, qual desses amigos, ou conhecidos ou simples colegas de trabalho, chegamos a cuidar ou gradecer por qualquer coisa que tenhamos obtido deles ou atravéz deles? Quase nenhum não mesmo!.. Erramos ao colocar no anonimato ou não cuidar daquilo ou de qualquer um que nos tenha ajudado em qualquer momento que tenhamos tido a necessitade daquele momento, daquele conforto, daquela ajuda. Assim como o motorista que mantém seu carro limpo e com óleo, assim como o açougueiro que mantém sua faca afiada para melhor redimento de seu tabalho, assim como o paraquedista que cuida de seu paraquedas,para não morrer numa queda, assim como o piloto que checa sua aeronave antes de decolar, assim como devemos pagar a conta de luz para que não fiquemos às escuras, devemos simplesmente pensar no que erramos: Erramos ao ignorar, erramos ao pensar que basta tirar sem repor, basta usar sem cuidar, erramos ao obter sem agradecer.
E com isto pecamos. Pecamos quando imaginamos que a concepção de perdão, é de que se cometermos um êrro e nos arrependermos no futuro, Já estamos perdoados. Estamos com isto, esquecendo de que quando esse êrro criou dano para alguém, deve-se tentar repará-lo para que possamos realmente obter o perdão.
Deus não vai esquecer de que foi nossa , a intenção de errar, de ignorar ou criar danos a outros e simplesmente, tentando nos arrepender, para nos justificar perante Deus, o pecado é maior!
Está na hora de pensar certo, de pensar com positivismo, de pensar em que tudo que temos ou obtemos vem sempre de algo ou de alguém e esse algo ou alguém deve ser considerado como uma fonte que um dia nos proporcionou o que precisavámos e, tudo isto foi permitido pelo criador o qual nunca pensamos ou agradecemos por tudo que temos e pela vida que nos foi dada para aprimorar nosso espírito e podermos chegar e ter a oportunidade de quando este corpo já não tenha mais finalidade, possamos alcançar o topo, o patamar para o qual fomos criados:
Estar na presença de Deus!… No Paraíso. Jimmy Albuquerque